saude-publica-nos-eua

Saúde Pública nos EUA: 3 MITOS DESVENDADOS

A saúde pública nos EUA é alvo de todo o tipo de mito e de um pouco de sensacionalismo também. É para tanto que muitas pessoas chegam a pensar que sequer existe um atendimento de saúde para aqueles que não tem condições de pagar um plano de saúde. Esse pensamento está bastante errado e vou falar um pouco sobre isso hoje.

Esteja você indo aos Estados Unidos como turista ou mesmo com a intenção de morar, separei algumas informações bastante relevantes no que diz respeito ao funcionamento do atendimento à saúde como um todo por aqui, assim você não será pego de surpresa e ainda explicarei o que considero ser os 3 principais mitos sobre a saúde pública nos EUA.

Está se programando para vir aos EUA? Saiba que você pode contar com uma assessoria especializada para cuidar de todo o seu processo de migração ou mesmo da documentação necessária para “turistar” à vontade.

saude-publica-nos-eua
saúde pública nos EUA

Primeiro mito: Não existe saúde pública nos EUA

Okay, isso eu já deixei claro, contudo, vamos nos aprofundar um pouco mais nesse assunto. Como um todo, existem 6 programas de atenção a saúde nos EUA, destes, 3 são totalmente públicos, dois mistos e um privado. Sim, qualquer pessoa no mundo será contemplada por esse tipo de sistema de saúde pública nos EUA, mas vamos falar um pouco mais sobre eles.

O Medicaid é um programa federal e estadual que ajuda com os custos médicos para algumas pessoas com renda e recursos limitados. O Medicare é um programa nacional de seguro de saúde que oferece seguro de saúde para americanos com 65 anos ou mais, pessoas mais jovens com alguma deficiência, bem como pessoas com doenças específicas. O último é o Veterans Affairs que é específico para militares aposentados.

Vamos focar no Medicaid e no Medicare, já que esses são os programas direcionados ao público em geral. Diferente do Brasil, o serviço de saúde pública nos EUA é fornecido por hospitais e clínicas privadas e depois que são quitados pelo governo.

Apesar disso esses sistemas têm coberturas muito similares ao que vemos no SUS, que vão desde programas de imunização para gripe até mesmo cobertura para tratamentos de alto nível de complexidade como cirurgias e tratamento de câncer.

saude-publica-nos-eua
saúde pública nos EUA

Quem não consegue pagar não tem atendimento médico?

Dentro desse primeiro mito sobre a saúde pública nos EUA, desmistificamos ainda o rumor muito espalhado que quem não tem dinheiro não conseguirá atendimento médico. Acredito que isso é mentira em qualquer lugar do mundo, na verdade.

Aqui, qualquer local é obrigado a aceitar absolutamente qualquer um em casos emergenciais. Não importa o convênio médico do paciente, caso você sofra um acidente de carro, por exemplo, qualquer hospital é obrigado a te atender.

Vale lembrar também que não existe serviço de saúde gratuito. Um hospital tem contas gigantescas, seja com equipamento ou mesmo as necessidades básicas como água, luz e pagamento de empregados. Esse dinheiro tem que vir de algum lugar, sejam planos de saúde, impostos ou pagamentos diretos.

Se você está no Brasil, provavelmente não se dá conta da quantidade de impostos que paga para o financiamento do SUS, contudo, ele é completamente financiado com impostos que saem do seu bolso de inúmeras formas.

saude-publica-nos-eua
saúde pública nos EUA

SEGUNDO MITO: SE VOCÊ NÃO TIVER RESIDÊNCIA OU NACIONALIDADE AMERICANA VOCÊ NÃO TERÁ ACESSO A saúde pública nos EUA

O governo estadunidense, ao contrário do que é amplamente divulgado, auxilia sim no custeio da saúde pública nos EUA dos mais pobres, independente de serem ou não nativos. Este, em específico, é um fato de pode deixar muitas pessoas atônitas, contudo, caso você declare que não tem condições de arcar com suas contas médicas, o governo te ajuda!

Mas tem um ponto aqui que deve ficar bastante salientado. Ao realizar isso, ao usar a saúde pública nos EUA fica registrado em seu arquivo junto ao governo, sendo assim, se você está em processo (ou pretende aplicar) para a residência permanente nos EUA, não recomendo fazer isso. É algo que irá pesar na hora de você conseguir o seu aceite e poder seguir com seu sonho americano.

Nessas horas é importante ter uma assessoria para te auxiliar com todo o processo de migração, seja para conseguir o visto ou mesmo para te auxiliar com questões como essa. Assim você não faz algo que pode acabar com suas chances por aqui.

No mais, há também outros casos específicos como hospitais filantrópicos que operam com base em doações ou mesmo na venda de camisetas e outros itens. É muito comum vermos entidades desse gênero realizando as famosas fundraising, isso é, festas para arrecadação de fundos.

Sendo assim, da próxima vez que alguém te disser que não existe saúde pública nos EUA, saiba que essa pessoa não fez uma pesquisa realmente profunda. Existe um sistema que está presente para ajudar todos aqueles que não tem condições de arcar com os gastos com saúde, inclusive imigrantes ilegais.

Fique atento que alguns programas seguem o modelo de colaboração, ou seja, pode ser que o favorecido ainda tenha que arcar com alguma porcentagem mínima do seu tratamento.

Mas existe ainda outras opções para aqueles que procuram uma forma mais segura e certa e tem condições para arcar: os planos de saúde. Vou falar um pouco sobre eles agora.

saude-publica-nos-eua
saúde pública nos EUA

OS PLANOS DE SAÚDE NOS ESTADOS UNIDOS

Nos EUA é muito comum ouvir histórias de pessoas que perderam casas, carros e outros bens por conta de contas médicas. Várias são verdades, mas grande parte são histórias exageradas da saúde pública nos EUA.

Não me leve a mal, é verdade que custos com saúde aqui nos EUA podem sim chegar a bem mais que o valor de uma casa, por exemplo. Cirurgias mais sérias podem facilmente chegar na casa dos milhões, contudo, isso cria um medo generalizado de ir ao médico.

Muito disso vem da falta de informação, é necessário compreender bastante como funciona o plano de saúde contratado, afinal de contas, se você for em um médico não credenciado, certamente será cobrado por isso!

O primeiro ponto a ser esclarecido sobre a saúde pública nos EUA que aqui não são planos de saúde, mas sim um seguro saúde. Muito disso quer dizer que se você quiser uma consulta médica para fazer um check up, por exemplo, você terá que arcar com a consulta e demais procedimentos.

Ficará mais fácil de entender o funcionamento do seguro se você fizer um paralelo com o seguro de carro. Ele não cobre manutenções por uso, mas em caso de acidentes você pode sim acioná-lo sem problemas. Ou seja, você só tem direito a atendimento médico coberto se você estiver doente.

Outro ponto para se prestar atenção é a rede credenciada, somente lugares e médicos específicos podem lidar com o seu caso se o seu objetivo é ser atendido às custas da seguradora.

saude-publica-nos-eua
saúde pública nos EUA

CONTRATANDO UM SEGURO SAÚDE

Caso não queira depender da saúde pública nos EUA, existem inúmeras formas de conseguir/contratar um plano de saúde aqui nos EUA. A melhor delas, sem dúvida, é como um benefício da empresa que você trabalha para. Assim, você paga uma pequena parcela do custo do seu seguro, contudo, boa parte é coberta pela própria empresa.

Ainda é possível adquirir como indivíduo ou grupos, sendo que planos individuais terminam sendo muito mais caros. Sendo assim, é interessante procurar um pacote familiar já que o custo benefício será muito melhor!

Outro ponto para se prestar atenção é a sua taxa de coparticipação que são chamadas de deductible (dedutível). Em boa parte dos casos, você não precisará pagar mais que o teto do valor total da apólice.

Fique completamente atento a todos os valores adicionais que são citados no seu contrato junto à seguradora de sua escolha. Tenha sempre em mente que valor nem sempre é tudo e pagar menos agora pode resultar em uma dor de cabeça no futuro.

Mas e para quem não veio aos Estados Unidos para morar, como faz para ter assistência médica aqui? É possível usar a saúde pública nos EUA?Se você já viajou internacionalmente certamente já ouviu falar do seguro viagem, se não, é algo que você precisa saber!

saude-publica-nos-eua
saúde pública nos EUA

O SEGURO VIAGEM PARA OS EUA

Para encerrar o texto sobre saúde pública nos EUA, não poderia deixar de falar sobre o:

TERCEIRO MITO: NÃO PRECISA DE SEGURO VIAGEM PARA VIR AOS ESTADOS UNIDOS COMO TURISTA.

A contratação de um seguro viagem realmente não é obrigatória para entrar em território americano, contudo, é preciso! Veja, esteja você querendo somente “turistar” por aqui ou querendo vir com visto de turista para tentar a residência essa é uma ótima opção para você ficar aqui sem preocupação alguma com a saúde pública nos EUA.

O seguro viagem nada mais é que uma apólice que oferece uma série de coberturas, não somente as suas possíveis despesas com atendimento médico, mas também contra perda ou extravio de malas, cancelamento de viagem, assistência odontológica e farmacêutica, dentre outros pontos.

No primeiro caso, para você que vem aos EUA curtir aquilo de melhor que ele tem a oferecer, certamente a última preocupação que você quer ter é com alguma eventualidade de saúde, certo? Contudo, acidentes podem acontecer ou você pode contrair uma gripe, por exemplo, e não irá querer depender da saúde pública nos EUA.

Nesses casos, você pode precisar ir até um médico e, como já falamos, saúde não é algo barato, especialmente se você ganha em reais. Sendo assim, o que era para ser uma viagem extremamente divertida, termina com uma conta de hospital altíssima.

É aqui que entra o seguro viagem, caso você precise de assistência médica, afinal de contas, isso é imprevisível, basta ir até a rede credenciada pela sua seguradora e ter acesso a médicos e medicamentos sem se preocupar com a conta no final.

Ademais, doenças pré-existentes também podem ser cobertas por esse tipo de apólice, assim como situações relacionadas a gravidez. Basta conversar com a seguradora e garantir que a sua seguradora garanta que a sua apólice terá todas as coberturas que você necessita para não precisar da saúde pública nos EUA.

saude-publica-nos-eua
saúde pública nos EUA

SEGURO VIAGEM PARA QUEM VEM MORAR NOS EUA

Você está pensando em vir morar nos EUA, contudo, começará com o visto de turista ou estudante, bem aqui vai uma dica que pode te ajudar bastante!

Enquanto você tiver o status de turista ou estudante, você pode aproveitar do seguro viagem sem problema algum, você pode contratar um seguro para um ano, por exemplo, e aproveitar taxas muito menores do que seria cobrado por uma seguradora de seguro saúde nos EUA ou das contas posteriores da saúde pública nos EUA.

Uma apólice para o período de um ano pode ser encontrada por até R$ 1000 parcelada em 12X sem juros, enquanto o premium (mensalidade) de um seguro saúde poderia chegar a US$ 500 (ou R$ 1.920,80 por mês com uma cotação de R$ 3,94).

Sendo assim, essa é uma ótima maneira de se adaptar ao país e postergar uma conta que pode sim fazer grande diferença em seu orçamento! Especialmente se você estiver se mudando com a família inteira.

Falo, inclusive, por experiência própria que essa é uma boa forma de economizar bastante dinheiro e ainda assim, contar com a segurança de ter acesso a saúde sempre que necessitar sem precisar depender da saúde pública nos EUA!

Se você ainda não comprou seu seguro viagem, recomendo comprar através da Real Seguros de Viagem. Eles comparam preços e coberturas de várias empresas do mercado, assim você garante que vai ter o melhor custo x benefício.

saude-publica-nos-eua
saúde pública nos EUA

As vantagens do seguro viagem

Para deixar claro todas as coberturas que podem ter em uma apólice de seguro viagem para os EUA:

  • Despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas;
  • Despesas médicas para acidentes no caso de práticas de esportes de risco;
  • Despesas médicas para doenças pré-existentes;
  • Despesas médicas para complicações no caso de gravidez;
  • Traslado médico;
  • Regresso sanitário;
  • Traslado de corpo;
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem;
  • Morte em viagem;
  • Indenização no caso de extravio, roubo, furto, dano ou destruição da bagagem;
  • Cancelamento de viagem;
  • Despesas farmacêuticas;
  • Assistência jurídica;
  • Pagamento de fiança;
  • Cancelamento ou atraso de voo;
  • Seguro de laptops e smartphone;
  • Reembolsa despesas com a viagem no caso de falência de agências de viagens;
  • Acompanhante em caso de hospitalização prolongada.

Claro, tudo isso fica a depender do que você realmente precisa incluir como coberturas para não se endividar com a saúde pública nos EUA.

Pronto para vir para os EUA?

Vir para os EUA, seja para morar ou visitar requer alguma burocracia, sendo assim, você pode contar conosco para te ajudar com todo esse processo. Desde conseguir o seu visto até mesmo te auxiliar a entender o uso da saúde pública nos EUA.

Fale conosco e descubra tudo o que podemos fazer por você!

Leave a Reply